Se existe um manejo arrepiante na ovinocultura de corte, esse manejo chama-se “manejo da mamadeira”

É curioso ver o empenho que existe nos seres humanos em tentar salvar a vida dos pobres cordeiros que foram “abandonados” por suas mães.

Agora pense, o ABANDONO pela sua própria MÃE!?

Para um animal de baixo discernimento como a ovelha, essa frase soa um tanto cruel, não é mesmo? Na verdade bastante cruel! Mas esse conceito está na cabeça do produtor e não na da ovelha!

A rejeição entre os animais acontece por uma questão de sobrevivência, ou seja, se sua ovelha não pariu bem em função de uma baixa condição corporal, subnutrição ou qualquer outro fator que a impossibilite de sobreviver e conciliar a sua sobrevivência com produção de leite, ela não cuidará do seu cordeiro. Pior produtor, as filhas dessas ovelhas também não o farão, pois animais mal cuidados ou subdesenvolvidos durante a infância serão fatalmente prejudicados quando desafiados a produção. Portanto, claro, nem é preciso citar que se não houver o colostro essa ovelha não servirá para produzir!!!

A ovelha, dependendo do estado nutricional em que se encontra, pode produzir até mais do que 1 quilo de leite por dia. Quando submetidas a baixas qualidades nutricionais, essa produção poderá cair pela metade. Agora, o que vemos por aí é uma baixa produção de leite, resultando em altos índices de cordeiros guaxos. Para “consertar” esse problema, compramos o leite de vaca e fornecemos a esses cordeiros. Vamos agora conversar sobre alguns dados perigosos…

Leite da vaca X leite da ovelha

Quando comparamos a exigência do cordeiro em crescimento com o fornecimento de leite ovino, percebemos que há uma relação de suprimento de mantença, assim como para crescimento. Em contrapartida, é oferecido ao cordeiro leite de vaca!

A relação nutricional entre o leite de vaca e o leite da ovelha é ENORME!

Como base de comparação, o leite da vaca fornece 2,5 a 3 vezes menos energia necessária para a mantença e crescimento do cordeiro. Com relação à proteína, duas vezes menos. O cordeiro jamais terá o mesmo desempenho!

Leite de vaca é para bezerros!!!

Para preocupar um pouquinho mais, as necessidades acima estão calculadas para um cordeiro de 10 quilos de peso vivo precisando ganhar 200 gramas por dia. Essa necessidade aumenta com o tempo, deixando ainda mais distante a relação do leite da vaca da necessidade de manutenção e crescimento do cordeiro. Isso faz com que não tenhamos um bom resultado, mesmo investindo no leite para que ele se desenvolva bem.

Custo do cordeiro na mamadeira

Deixando de lado as necessidades, temos o fator “custo total desse cordeiro de mamadeira”, que pode ser calculado conhecendo o custo do leite fornecido ao cordeiro e o custo operacional (mão-de-obra).

O custo operacional é muito trabalhado para grandes empresas e é de fato um custo a ser levado em conta quando trabalhamos investimento X resultado.

A cotação feita do leite hoje foi de R$ 0,87 o litro (Fonte: IEC). Isso para o produtor. Caso tenham que comprar em supermercados, podemos falar de R$ 1,50. Trabalharemos com os R$ 0,87 para não assustar tanto.

  • Se o cordeiro mamar 0,7 litros de leite por dia, multiplicado pelo custo do litro do leite, temos:

0,7 x R$ 0,87 = R$ 0,61

  • Considerando uma desmama com 60 dias, multiplica-se por 60 o custo diário com leite por cordeiro:

R$ 0,61 x 60 dias = R$ 36,54

  • Então, o custo total em leite por cordeiro que mamou na mamadeira até a desmama será de R$ 36,54.

Temos, além do custo do leite, o custo operacional do processo. O que seria isso?

Para aleitar o cordeiro esse procedimento deverá ser feito duas vezes ao dia pelo menos! Portanto, podemos considerar que se compactarmos os horários de aleitamento, esse custo operacional equivale pelo menos 60 minutos, ou uma hora de trabalho. Vamos às contas:

  • Diária (8 horas de trabalho) – R$ 40,00
  • Desmame do cordeiro – 60 dias de idade

1 dia — 1 hora de aleitamento

60 dias — X

X = 60 horas totais para aleitamento

  • 60 HORAS = 7,5 DIÁRIAS DE 8 HORAS

1 diária — R$ 40,00

7,5 diárias — X

  • X = R$ 300,00 no período

Logo, o valor final do custo operacional do cordeiro criado na mamadeira foi de R$ 300,00. Ao somar o custo total do leite no período por cordeiro, temos o custo total do cordeiro de mamadeira: R$ 336,54! Houve aqui um aumento de 821% do valor inicial do aleitamento.

A utilização da mamadeira para cordeiros deve ser um método repensado.

Cordeiros de Mamadeira: os futuros "vilões do lucro" do produtor!

Uma vez que o único alimento fornecido gratuitamente ao cordeiro é o leite materno, não haveria motivos para não fazer uma seleção de mães que sejam boas produtoras de leite e consigam desmamar cordeiros pesados.

Produtores, não há espaço para dizer que esse custo possa se diluir! O foco aqui seria cada vez menos animais de mamadeira, e não mais! Ainda assim, mais animais de mamadeira levariam mais tempo no aleitamento piorando a conta de viabilidade desta prática.

Mesmo que o seu funcionário seja contratado e que não tenha que ser paga hora extra, com todas as observações a serem feitas dentro de uma fazenda, esse manejo não se encaixa. Ou faz-se um trabalho bem feito e focado, ou uma hora seu funcionário pedirá mais um funcionário. Aí sim veremos a conta piorar!

Portanto, qual seria o foco? Mais animais em mamadeira ou animais que deem menos trabalho e mais dinheiro?

Equipe CordeiroBIZ