O leite da ovelha é o alimento com o qual o cordeiro apresenta melhor desempenho

O leite da ovelha é o alimento com o qual o cordeiro apresenta melhor desempenho. Ele é aproveitado em quase a sua totalidade pelo animal, aproximadamente 98%, além do seu alto teor de energia, vital para a sobrevivência e ganho de peso dos animais até o abate. Dessa forma, planejar a produção de leite das matrizes é o desafio para conseguir os melhores resultados na nutrição dos cordeiros. (Fonte: Beef+Lamb NZ, adaptação CordeiroBIZ)

O leite é considerado um alimento “sem custo” dentro do sistema e está à disposição do cordeiro durante o período em que apresentam a melhor conversão alimentar (leia mais sobre CA aqui).

No gráfico podemos demonstrar a eficiência do leite materno comparado a outros tipos de alimentos no desempenho dos cordeiros. Apenas o leite da ovelha é capaz de proporcionar ganhos diários acima de 400 gramas em um cordeiro selecionado para ganho de peso.

Apenas o leite da ovelha é capaz de proporcionar ganhos diários acima de 400 gramas em um cordeiro selecionado para ganho de peso.

O que fazer com esta informação?

Priorizar o planejamento nutricional das matrizes para que elas tenham condições de produzir colostro e leite de qualidade e em volume suficiente para a sobrevivência e o máximo desempenho do cordeiro;

O manejo nutricional das matrizes se inicia no período de pré-monta (um mês antes da entrada dos carneiros). O escore de condição corporal desejável é de 3,5 e deve-se manter a ovelha nesse padrão até o início da lactação (leia aqui sobre manejo pré-monta e ECC);

A inadequada nutrição durante o terço final de gestação penaliza a taxa de crescimento do cordeiro até o abate uma vez que há mudanças tanto na produção de leite da ovelha quanto no desempenho produtivo do cordeiro em longo prazo (leia aqui sobre manejo nutricional das matrizes no final da gestação);

Selecionar as matrizes que possuam melhor produção de leite, baseando-se nos índices de fertilidade, habilidade materna e quilos de cordeiro desmamado;

O leite nunca deve ser substituído e deve ficar claro que o creep-feeding é uma ferramenta para potencializar ganhos, principalmente quando houve negligências no planejamento nutricional das matrizes, ocasionando falhas na produção de leite. O creep-feeding deve somar, e não competir com o leite das ovelhas.

Equipe CordeiroBIZ