Conheça os 5 principais PONTOS enfatizados pelos produtores de ovinos da Nova Zelândia para o SUCESSO de quem trabalha diretamente com os animais na fazenda

Conheça os 5 principais PONTOS enfatizados pelos produtores de ovinos da Nova Zelândia para o SUCESSO de quem trabalha diretamente com os animais na fazenda:

1) Você quer saber sobre ovelhas? Durma no pasto ao lado delas!

Os animais demonstram de diversas formas quando algo está, ou não, certo com eles. A observação constante do comportamento do rebanho ajuda a entender pontos críticos de manejo muitas vezes negligenciados por nós.

2) Trabalhe de forma inteligente e não ‘dura’.

A atitude da pessoa que lida diretamente com os animais reflete no desempenho produtivo do rebanho e dela mesma como responsável. É preciso saber a hora certa e mais eficiente de agir.

3) O rebanho é o que ele come.

A nutrição é a base de qualquer produção animal, seja ela proveniente de sistema de pastejo ou confinamento. Portanto, conheça seus pastos, caminhe em um por um e saberá muito mais sobre seus animais do que imagina.

4) Nós não criamos ovinos. Nós produzimos pasto. (leia-se comida)

Mais uma vez a nutrição prova ser a base de tudo. Entender esse conceito dentro do sistema de produção é crucial para o sucesso do empreendimento. O bom profissional que trabalha com os animais (leia-se: responsável por proporcionar as condições necessárias para que o rebanho expresse máximo potencial produtivo) é aquele que avalia suas próprias decisões no sistema antes de sugerir mudanças ou ações diretas no rebanho.

5) A qualidade dos cordeiros é o reflexo do seu trabalho com as ovelhas.

Muitas das conversas, reportagens e conceitos técnicos giram em torno do peso final do cordeiro para o abate. Negligencia-se a ovelha e se concentra no cordeiro/carneiro. Errado. O fato é que uma ovelha bem nutrida, manejada inteligentemente dentro do qual se conhece a fundo o ambiente em que ela vive e o potencial dela como mãe, produzirá cordeiros indiscutivelmente melhores, muito antes de qualquer potencialização genética.

Portanto, conheça seus animais. O rebanho mostra muito quem você é.

Equipe CordeiroBIZ