Tal palestra será ministrada pelo Prof. Dr. Paulo Meirelles que possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1983), Mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal de Lavras (1992) e Doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Atualmente é professor de forragicultura e pastagens no Departamento de Melhoramento e Nutrição Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – UNESP de Botucatu.

Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Avaliação, Produção e Conservação de Forragens, atuando principalmente nos seguintes temas: pastagem, forragicultura, gado de leite e Sistemas Silvipastoris.

No Brasil, apesar dos crescentes avanços alcançados pela atividade pecuária, especialmente no caso da produção ovinos para abate, ainda é prática comum a formação e manejo de pastagens sem orientação técnica. Dessa forma, essas áreas mantém alguma produtividade nos primeiros anos após o estabelecimento, com posterior perda de vigor e capacidade de recuperação natural para sustentar os níveis de produção e qualidade exigida pelos animais.

O Estado de São Paulo possui, em área agricultável, 21,5 milhões de hectares, sendo que 7,8 milhões (40% do total) correspondem à pastagem. No entanto, estima-se que 6,1 milhões de hectares estejam com algum grau de degradação. São áreas que necessitam de manejo especializado, e que uma vez reinseridas no setor produtivo, contribuirão para aumentar a produtividade e renda dos estabelecimentos agropecuários.

A manutenção da sustentabilidade em sistemas de produção em que as pastagens estão degradadas é muito pequena. Então, há necessidade da tomada de decisão para reversão do problema. Dentro desse cenário a implantação de Sistemas Integrados de Produção Agropecuária, desponta como opção para a recuperação de pastagens degradadas.

Visto que a oferta de carne ovina no Brasil e o consumo per capita ainda são baixos (aproximadamente 0,7 kg por ano), o manejo eficiente das pastagens para ovinos em sistema Sistemas Integrados de Produção Agropecuária poderá contribuir para o incremento da produção de carne dessa espécie animal.

Informações do palestrante adaptadas pela equipe organizadora do I Workshop Internacional em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária “Ovinocultura de Corte”

Interessados em participar do evento, comparecer no dia para fazer sua inscrição. Para mais detalhes clicar na imagem abaixo.