Pular para o conteúdo

CordeiroBiz

marketing

Alerta aos ovinocultores e pecuaristas: oportunidade no mercado brasileiro gera negócios para frigorífico neozelandês

A falta de organização da cadeia de ovinos no Brasil gera muitos entraves ao setor.

A brincadeira brasileira estava indo bem com concorrência já conhecida dos vizinhos uruguaios. A equipe CordeiroBIZ identificou um chamado importante e que deverá mobilizar muitos produtores a produzir animais de qualidade daqui pra frente. Segue a notícia:

Continue a ler »Alerta aos ovinocultores e pecuaristas: oportunidade no mercado brasileiro gera negócios para frigorífico neozelandês

“Do pasto ao prato”: a estratégia de marketing da carne ovina na Nova Zelândia

Marketing e incentivo do governo juntamente com os frigoríficos e organizações como a Beef + Lamb New Zealand são importantes ações de promoção da carne ovina mesmo dentro do país. Esse é um dos cartazes de divulgação das atividades do festival do cordeiro, que aconteceu em setembro na região central de Hawke’s Bay na ilha norte da Nova Zelândia, já indicando que a região é ‘o país do cordeiro’ (Lamb Country). As estratégias de marketing amplamente difundidas pelos frigoríficos foram desenvolvidas a partir do tema principal da campanha: ‘do pasto ao prato’ e já vêm alcançando resultados muito positivos.

A Nova Zelândia tem uma longa história quando o assunto é produção ovina e, desta forma, possui uma cadeia produtiva bem definida agregando direta e indiretamente vários setores da indústria. A ênfase em produção de carne deu-se, principalmente, a partir da década de 80 à medida que os preços pagos pela lã sofriam desvalorização acentuada e a introdução de raças ovinas de dupla aptidão se fazia necessária como finalidade alternativa para o setor no país. Hoje, com 90% da produção de carne ovina destinada à exportação, a economia da Nova Zelândia depende intimamente da relação entre produtor-frigorífico-consumidor para se manter competitiva no mercado internacional agropecuário mesmo frente aos desafios de variação cambial e de limitantes geoclimáticos.

Continue a ler »“Do pasto ao prato”: a estratégia de marketing da carne ovina na Nova Zelândia

O cordeiro representando uma carcaça de qualidade: esse é o foco!

Representação de um sistema ‘ganha-ganha’, onde o Ovinocultor é o elo principal da cadeia, já que ele é o responsável pelos resultados dos cordeiros.
Representação de um sistema ‘ganha-ganha’, onde o Ovinocultor é o elo principal da cadeia, já que ele é o responsável pelos resultados dos cordeiros.

O cenário da ovinocultura de corte no Brasil apresenta claramente uma necessidade urgente de se estruturar e se profissionalizar para produzir um produto final de qualidade. Observando o potencial do nosso país e os exemplos de cadeias sustentáveis e bem sucedidas que produzem proteína animal, temos largos passos a serem dados para expressarmos o peso que a cadeia pode ter no PIB nacional, se tornando auto-suficiente para sustentar o consumo interno e ostentar mercados internacionais.

Continue a ler »O cordeiro representando uma carcaça de qualidade: esse é o foco!

Necessidades primárias da cadeia da ovinocultura no Brasil: foco e organização

A ovinocultura de corte está aquecida e o preço pago pelo cordeiro obtendo altas significativas. Já tivemos momentos passados de aquecimento do setor, mas tivemos, também, momentos de crise e desestímulo. Nesse cenário otimista inseriria-se a oportunidade de aprender com alguns erros cometidos no passado, ‘olhando’ para quem já está no futuro.

Continue a ler »Necessidades primárias da cadeia da ovinocultura no Brasil: foco e organização