A Unesp de Botucatu apresentou na última década crescente força empreendedora a favor do agronegócio. Neste cenário, o grande destaque são os grupos de estudo e as empresas juniores estruturadas para estimular o senso crítico dos alunos na busca por soluções dentro das três principais frentes das ciências agrárias, representadas pelos cursos de agronomia, medicina veterinária e zootecnia. Em 2014, deu-se início a primeira turma do recém parido curso de graduação em engenharia de bioprocessos e biotecnologia, mais um impulso para o movimento de inovação do campus, situado na Fazenda Experimental do Lageado.

Nos dias 9 e 10 de abril de 2015 será protagonizado um evento fruto desses movimentos empreendedores iniciados no início do milênio. Botucatu receberá o V Simpósio Internacional em Nutrição de Ruminantes, com o tema “Perspectivas de interação econômico-ambiental na produção intensiva de carne”.

Este evento é realizado pela Nutrir – Empresa Junior de Nutrição de Ruminantes, fundada em 2003 por alunos das ciências agrárias. Hoje a EJ coleciona ações relevantes dentro do cenário agropecuário brasileiro em seu histórico e apresenta-se como importante centro de formação de profissionais especializados em gestão agropecuária e nutrição de ruminantes. A Nutrir é gerenciada exclusivamente por alunos de graduação, sob a coordenação da Profa. Cyntia Ludovico Martins e Prof. Mario De Beni Arrigoni, apoiados pelos alunos dos programas de pós graduação.

A atual equipe da CordeiroBIZ faz parte desta história!

Os fundadores da CordeiroBIZ, Dayanne Martins Almeida e Rafael Fernando dos Santos, integraram a diretoria da empresa júnior quando cursavam o curso de graduação em zootecnia entre os anos de 2005 e 2008. A Dayanne atuou como vice-presidente da Nutrir em 2007 e o Rafael atuou como presidente durante o ano de 2008. Juntos, realizaram a primeira edição do Simpósio Internacional em Nutrição de Ruminantes, com o tema “Saúde do Rúmen”, em 2007. Esta experiência foi fundamental para a formação dos principais valores como profissional do campo:

“Trabalhar na Nutrir foi uma formação paralela ao curso de zootecnia. Uma especialização humana e profissional para poder atuar nas centenas de milhares de alqueires de pastagens que cobrem o Brasil. Abraçar uma ideologia para aquilo que se estuda foi a grande motivação para eu sempre buscar o aperfeiçoamento profissional. A pegada política da Nutrir foi muito marcante e me saltava aos olhos quando cheguei em Botucatu. Inovar por meio da pesquisa e do empreendedorismo retira as pessoas da zona de conforto e as aproxima da realidade. Decidi então entrar nesta barca! Conseguimos expandir o que era um grupo de estudos para uma empresa júnior, um formato que otimizada processos e elevava outros focos da equipe, como maior dedicação aos projetos de extensão. Esta experiência instalou em minha vida valores éticos e morais por meio da compreensão de conceitos como empatia, relacionamento humanitário, simplicidade e amor profissional. É um privilégio poder acompanhar de perto esta evolução. A CordeiroBIZ foi fruto desta coragem plantada em nosso perfil profissional. Estamos todos crescendo de forma madura e sólida, e não tenho dúvidas que os jovens são a alma do Brasil e semearão uma agri(cultura) moderna neste país.” Rafael Fernando dos Santos, zootecnista e chefe-executivo da CordeiroBIZ

O planejamento nutricional focado em uma nutrição de precisão é a base para o sucesso de qualquer sistema produtivo. O investimento em conhecimento técnico para fortalecer as decisões dentro das fazendas é primordial. O cronograma o Simpósio posicionará os participantes frente a uma agropecuária moderna e necessária.

Os pesquisadores, produtores rurais e técnicos que atuam com produção de ruminantes estão convocados para participar do V Simpósio Internacional em Nutrição de Ruminantes. Inscrições pelo site da NUTRIR (Clique aqui) ou na secretaria do evento dia 09 de abril, no auditório da FCA, Fazenda Experimental Lageado, Botucatu – SP. Clique no banner e saiba mais:

CordeiroBIZ e Nutrir apostam na nutrição de ruminantes como base para consolidar um sistema produtivo sólido