Atualmente, na maioria das fazendas de ovinos, a venda de cordeiros para abate ou borregas para reposição é a maior fonte de renda. Portanto, a taxa de desmama é o fator mais importante para os lucros serem elevados nas fazendas. O maior determinante da taxa de desmama é a taxa de ovulação (o número de óvulos lançados na estação de monta), e mortalidade desde embrionária até desmama. Assim, ter uma alta taxa de ovulação torna-se obviamente a primeira meta, e como por consequência minimizar a mortalidade.

Frequentemente afirma-se que as taxas de ovulação explica 60 – 70% da variação na taxa de desmama entre fazendas. Em termos básicos, uma vez que a ovelha tenha ovulado situa-se a porcentagem de parição potencial e, em seguida, é um processo de minimizar perdas entre gravidez, ultrassom, nascimento e desmame (Kenyon, 2012).

A taxa de ovulação pode ser influenciada por vários fatores como idade, raça, genética, peso vivo e condição de escore corporal, nutrição, ambiente e algumas vezes tratamentos hormonais.

Em resumo, isso mostra como é importante esta questão para os produtores que querem alcançar melhores resultados e maiores lucros, pois abrange praticamente todo o sistema de produção.

Nesse sentido, vale dotar práticas de manejo como:

  • seleção por idade, raça e genes, visando o aumento da taxa de ovulação;
  • estratégias alimentares direcionadas para aumentar a taxa de ovulação;
  • relação peso vivo e condição corporal com taxa de ovulação;
  • tratamentos hormonais visando aumento da taxa de ovulação.

E por fim, um resumo das boas práticas de manejo pré e pós estação de monta para garantir uma boa taxa de desmame. A consequência será uma melhor rentabilidade da produção da fazenda.

Conceito de produtividade frente ao planejamento da estação de monta: o paradigma do parto gemelar

Só o conhecimento nos torna de fato mais ricos. DIA 11 DE MAIO EM PORANGABA – SP. Palestra – Conceito de produtividade frente ao planejamento da estação de monta: o paradigma do parto gemelar | Ricardo Dutra de Oliveira Silveira

Conteúdo escrito por Ricardo Dutra de Oliveira Silveira – Zootecnista graduado pela FAZU – Faculdades Associadas de Uberaba, pós-graduado em produção de ovinos pela Massey University, Nova Zelândia.

Equipe CordeiroBIZ